ESTACIONAMENTO ROTATIVO Prefeito Cléo Port recebe relatório técnico

 

No início do mês, o prefeito Cléo Port reuniu-se em seu gabinete com uma equipe técnica do município e com o arquiteto Edson Marchioro . O encontro teve como propósito a entrega do relatório técnico acerca do estacionamento rotativo.

O amparo legal para a realização do mesmo encontra-se na Lei Municipal nº 3.434, de 17 de dezembro de 2013, que “Regulamenta o Sistema de Estacionamento Rotativo Controlado no Município de Canela, e dá outras providências”, cujo o objetivo é buscar maior eficiência e qualidade para a comunidade, tendo em vista o deficit de vagas públicas e a crescente demanda por estacionamentos. 

O sistema rotativo pago é uma solução para ampliar a oferta de vagas nas vias públicas, bem como democratizar o uso do espaço público, fato que se manterá no curto prazo e deverá permanecer válida mesmo no médio prazo.

A nova logística de trânsito, em especial no que concerne ao estacionamento de veículos, busca sanar um dos problemas mais evidentes nas cidades em expansão territorial e populacional, devendo ser uma preocupação constante da administração pública, sendo que em nosso Município é um anseio já prioritário de comerciantes, lojistas, turistas e comunidade em geral.

“O estacionamento rotativo pago é uma das medidas reivindicadas pelos comerciantes e turistas de Canela e região, e aceito pela maioria dos canelenses, haja vista a ampliação da oferta do meio-fio disponível, para estacionamento de curta duração em áreas de concentração de comércio e serviços”, destacou o prefeito Cléo Port.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Trânsito e Urbanismo, Gelton Matos, o custo desta organização de vagas e fiscalização dos usuários é efetivamente alto e difícil de promover, em especial pela falta de recursos próprios disponíveis e de servidores específicos para essa finalidade, necessitando, dessa forma, de uma empresa para a operação específica de serviços para gerir os estacionamentos de maneira apropriada para o uso populacional.

Neste sentido, a Prefeitura de Canela abrirá processo licitatório visando a concessão, para efetivação do mesmo, na forma de outorga, com o valor de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), para aparelhamento do Departamento de Fiscalização de Trânsito.

As áreas de estacionamento remunerado nas vias públicas, regulamentada pelo Decreto Municipal nº 7.237, de 22 de julho de 2015, prevê uma área, com 1.317 (hum mil trezentas e dezessete vagas), e prazo de concessão dos serviços públicos pelo período de 15 (quinze) anos.